terça-feira, 22 de julho de 2008

DIT2


Voltando a falar da DIT (Divisão Internacional do trabalho), ou o papel que cada país exerce no mundo, o presidente Lula veio á Recife dar continuidade as inaugurações do complexo petroquímico-têxtil de Suape, na cidade do Cabo de Santo Agostinho. Junto com o porto, essa parte de Pernambuco esta vivendo uma grande expectativa de crescimento, sobretudo com empregos possivelmente gerados. Junto com a refinaria e com o porto, a região pretende sediar inúmeras indústrias que usam derivados de petróleo para seus produtos, entre eles tecidos de nylon, lycra, e garrafas pet. Alias, a fábrica italiana de garrafa pet será a maior do mundo!! Legal não?
Médio!
Por que médio?
Por que o pólo gerador de emprego (que é de fato bom), corrobora a intenção de crescer sempre com indústrias, que geram empregos, poluição, gastam energia e os parcos créditos de carbono.
É óbvio que a região precisa de emprego para ontem, e só por isso a dinamização desse pólo é interessante e merece ser aplaudido!!
Mas o que não me entre na cabeça é o fato do governo não prestigiar com o mesmo entusiasmo a produção de idéias!! O pólo de produção de Tecnologia da Informação de recife (TI), por exemplo, não faz parte do PAC, assim como o IINN citado no outro comentário também não faz!

Um comentário:

thially disse...

Emprego para biólogos, geógrafos e outros voltado para área ambiental ainda tá difícil por aqui, mesmo com toda essa repercussão em relação ao M.A. Uma pena mesmo. Já que a junção desenvolvimento + conservação = muito mais emprego ainda e muito mais qualidade ambiental (vida).
Ainda me irrita, por exemplo, ver as grandes indústrias daqui com programa para trainee, mas nunca (ou muito pouco) para área ambiental.
Há uma galera muito boa (jovem e cheio de idéias) querendo entrar nesse mercado! Inclusive eu Hehehehe
Ops, o endereço que não pegou: http://bioblogpe.blogspot.com/
Inté