sábado, 26 de julho de 2008

tiras de segunda 3 (REPOSTAGEM DO TARSO)

Como a série vem ganhando elogios, vou continuar com as tiragens duplas.
A primeira em homenagem ao retiro do Thiago.
A segunda para pensarmos em nossas escolhas de programção na TV, diversão, etc.





Obs: clique nas imagens que dá pra ver melhor.

7 comentários:

dandara disse...

hahahaha tudo tende ao tédio...

Maíra Arrais disse...

não preciso nem comentar a segunda tira. perfeita. uahsuhas

eduardo carvalho disse...

auehuehue mo rezenha...mto massa..

Venna disse...

na aula de sexta o Thiago falou sobre peças de computador que poderiam ser produzidas aqui no Brasil, assim seriam mais baratas e de mais fácil acesso...

acho que rolou uma lágrima discreta do seu olho direito x;
haioushiauhsoiauhsiuhs

Anônimo disse...

Ô Thiago , será que a Venezuela é mais armada que o Brasil?
Mas preparada pra uma guerra , se fosse guerriar contra o Brasil?
Abraço.

thiagokoutzii@hotmail.com disse...

anônimo, acho essa preocupaçào descabida!

não existe essa possibilidade e mesmo se houvesse, seria o roto falando o rasgado.

mas coloquemos pontos na mesa:
- internacionalmente a venezuela com hugo chavez é mal vista, podendo resultar em apoio internacional para o brasil.
- o brasil tem muito mais gente, pib muito maior, resultando num exercito maior.
- o brasil tem muito mais a perder que a venezuela.
- com hugo chavez, a venezuela pode ficar com mais fome de conflito que o brasil...



enfim, acho que nao é o caminho, nao parece que estamos indo pra esse lado e seria uma pena dois vizinhos se baterem de verdade.



as intrigas que o hugo chavez falou ano passado, pararam. e memso que nao tivesse terminado, é só politica e diplomacia. ou a falta dela..


mas tudo dentro do jogo.

ab




1

Anônimo disse...

Huuum , sei.Também sei que não existe essa possibilidade de uma suposta guerra entre vizinhos.Só queria ver a sua explicação , porque fui teu aluno lá do Contato e estava falando sobre isso com uns amigos meus e tals...só queria saber o que tu ia falar.Mas mesmo assim valeu por ter respondido.
ab