quarta-feira, 6 de agosto de 2008

URB 2

Entre várias couves que poderíamos falar de urbanização, hoje destacarei a verticalização desse espaço que somos. Em regra, a altura das construções são frutos de áreas supervalorizadas e recheadas de infra-estrutura como transportes, diversão, escolas, hospitais....

Mas nossa meta aqui é outra.

Note nos exemplos que seguem em como a altura das cidades passam a definir vários de nossos desejos e medos.
Nessa imagem podemos identificar de maneira imediata como a altura é sinônimo de poder!


A Zilda, uma raridade entre humanos, fez esse desenho, que pra nós servirá pra mostrar que o fato de não ter medo de cair, é para alguns poucos heróis,

como o Bat-Man, que mesmo sendo mimado e humano, quando cai, cai bem.

O ceguinho sem medo, Demolidor.

Ou o simpático e já desmascarado (ler guerra civil da Marvel, nas bancas) Homem Aranha. todos desafiam asalturas e fazem disso um instrumento de poder.

Esse vídeo, (estão disponíveis ali, a direita do blog) também é uma coisa sensacional, onde o desafio ás alturas e á gravidade fazem desses caras um azougue!

Desafiar a altura e não ter medo de cair é para muito poucos.
E você? Samba de que lado? De que lado você vai sambar?

Para que não fiquemos em silêncio pela cidade, Portishead ao vivo em Roseland (parte 1 e parte 2 para baixar)é a cidade nua e crua!

3 comentários:

Dandara Saldanha disse...

Portishead é muito bom! inclusive, já passei pro pc e o devolverei amanhã :)
beijo, man.

CaPiTãO disse...

THIAGOOOO...

cade o post do novo Batman?


tow esperando... e até agora, nada?

porra... aquela interpretação do coringa, ao menos, valhe uma citação né...

¬¬


flw

Lucas disse...

Concordo com os 2 comentários acima do meu:Portishead é muito bom e o coringa merece um "alô".:}