terça-feira, 26 de agosto de 2008

BANCO DEL SUR 1

Parece que estamos criando um novo banco de investimentos e apoio a países com problemas, o Banco do Sul.
Em princípio, uma bonita proposta de Hugo Chávez aceita e assinada por todo merco sul e sócios (Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Equador e Colômbia). Já disseram que não funcionará nem como FMI e nem como o BM, mas também não disseram como funcionará.
Vamos tentar esclarecer alguns pontos.
O FMI é uma instituição financeira que empresta dinheiro para sanar supostas crises e evitar efeitos cascatas com quebras de bolsas e etc..., os argentinos não concordam muito com isso, mas o fato é que o FMI não é um bom samaritano, e só sana problemas para quem vender a alma administrativa de seu país. Se você acha ruim, então não peça dinheiro para eles.
O BM funciona como um banco normal, que vende dinheiro, mas exige contra partidas sociais para o empréstimo. Por exemplo, podem emprestar grana para construção de casa para população que mora em palafitas. O critério que o faz preferir emprestar para um e não para o outro é a possibilidade de reaver a grana e essa contra partida social no uso do dinheiro emprestado.
Mas note, são BANCOS, por tanto cobram juros maiores do que o que eles pagam, como todo banco. Por isso sempre são acusado de chantagear os países que dependem desse socorro, e sempre declinam as determinações dos que emprestam.

Nenhum comentário: