quinta-feira, 28 de agosto de 2008

SEU LULAR 2

Consigo imaginar a molecada se mobilizando para combater a repressão aos celulares nas escolas. Imagino ações de desobediencia civil por parte deles, programando todos os celulares de São Paulo para tocarem na mesma hora, dentro das salas.

Atitude!!

Inocente, ok, mas é bem melhor do que o que se tem feito nas sal de aula. Imagino.

E ai, de repente, toca aqui no som de casa a seguinte música do Mundo Livre, com doses sutis (como os elefantes) de ironia.
Mundo Livre S/A - Embustation
Eu tenho que exibir
A mais descolada atitude
Um homem sem atitude é um ser aleijado
É metade de um ser
É um ser condenado
Um homem sem atitude nada pode fazer
Atitude é magia
Nobreza, harmonia, pureza, atitude é energia
É paz, é alegria, é demais!
Eu preciso desfilar
Com minha novíssima e legítima atitude...
O homem sem atitude não tem dignidade
Não tem coração
Não tem capacidade
Não merece perdão
Atitude é prestígio
É saber, é a lei, é o poder
Atitude é firmeza
Calor, beleza
Atitude é amor!
Todos querem descolar
A mais chique e formosa atitude!
Um homem sem atitude não é mais que um rato
Vale menos que um cão
Não é mais que um banana
O homem sem atitude não vale um tostão!
Atitude é raça, fé, fortuna.
Atitude é mulher.
Atitude é razão, é valor, é alma, é o senhor
Nada se comprara ao meu último modelo de atitude


*Mundo Livre S/A porque ter várias atitudes, mesmo que
insanas, é melhor do que não tê-las.

Nenhum comentário: