sábado, 16 de agosto de 2008

Campanha do Greenpeace

Se eu fosse uma centopéia teria 100 pés atrás com o Greenpeace, mas como sou humano tenho apenas dois. Seja pela grandiosidade das suas cifras, pelo maniqueísmo de suas ações, pelo tom apocalíptico de muitas de suas mensagens, ou pela qualidade excepcional de suas peças publicitárias, não confio na ONG.

Porém o vídeo aí de cima é genial. Faz parte da campanha para exigir da Europa um compromisso mais efetivo contra a importação de madeira ilegal de florestas tropicais como a Amazônia.

obs: Dica de O Escriba (www.escriba.org)

3 comentários:

Maria disse...

caramba pow...eu axo que tudo o que as pessoas fazem para salvar o mundo eh lucro p/ o planeta....e ter esperança no ser humano e na forma que ele age pra modificar a situação que a Terra se encontra pode ser um bom caminho!!^^
vlw

Lucas disse...

caramba, se minha mãe me visse vendo um filme desse ela ia achar que eu era um secão.
dasuhdhuashudas
Mas achei interessante como foi passado a mensagem.:D

Tarso Loureiro disse...

Maria,

A luta pela melhora das coisas, ou por uma vida menos ordinária, como diz o Thiago, é feita por milhões de pessoas diariamente. Sem falsa modéstia, eu faço parte desse grupo, seja dando aulas, escrevendo no blog, ou simplesmente reciclando lixo. Tenho muitos amigos que estão na mesma luta e imagino que vc tb tem e é uma delas.

Alardear e mesmo acreditar que está "salvando o mundo" como faz o Greenpeace me parece ingenuo, ou pior ainda desonesto. Não somos super heróis. O mundo não vai acabar. Algumas espécies (a humana certamente) sim, mas o mundo não.
Nada contra muitas das ações do greenpeace, ao contrário, com muitas delas simpatizo e apóio. Mas desconfio demais de pessoas metidas a super-heróis. As maiorees atrocidades da história forma cometidas por pessoas (como hitler e Stalin) que acreditavam que estavam ajudando a salvar o mundo...
abraço.