sábado, 28 de março de 2009

MAPAS E ARTE





O João Machado, artista, ou geógrafo, ou cartógrafo, ou designer....sei lá... tem esse site, onde publica vários de seus trabalhos!!
Entre várias coisas interessantes, ele produz esses desenhos usando mapas e gráficos como matéria prima de sua expressão!

MISSISSIPI RIVER (4a. repostagem)

mais um do Strange Maps
É um dos mapas mais bonitos que eu já vi, mostra o atual e os antigos traçados do rio. Aproveite e lembre que é prova irrefutável da dinâmica dos meandros (caminhos sinuosos) dos rios, que podem erodir com maior ou menor intensidade seus leitos, que mofificam seus caminhos.







Assim como na vida

sexta-feira, 27 de março de 2009

coordenadas geográficas 1 (repostagem)

Olá, boa tarde! Segue abaixo sequencia insana e intensa, sobre coordenadas geográficas ! Degustem com vagar, pois daí saem vários dos conteúdos de clima, biodiversidade, biomas e outras couves que veremos....


Linhas imaginárias


As linhas imaginárias são divididas em paralelos ou latitudes e longitudes ou meridianos

coordenadas geográficas 2

Latitude ou Paralelos



Os paralelos são linhas imaginárias e paralelas em relação ao equador, que vão até 90 graus tanto no hemisfério Sul como Norte. Essa imagem não mostra os 90 graus, mas na falta de tempo foi esse mesmo.
Alguma dúvida?
Vão de 0 (equador) a 90º graus (pólos).

coordenadas geográficas 3 (REPOSTAGEM)

Longitudes ou Meridianos



  • As latitudes são fundamentais para a geografia, sobre tudo em relação as faixas climáticas.

  • Aqui, podemos ver 3 tipos climáticos pautados pelas latitudes. Tropical, temperados (subtropical no hemisfério sul) e polares.

coordenadas geográficas 4

Longitudes ou Meridianos



  • As longitudes são linhas imaginárias a partir do meridiano de greenwich, divide o mundo em hemisfério ocidental e oriental, com 180º para cada lado.

  • As longitudes também são responsáveis pelos fusos horários. Cada 15 graus equivale uma hora.

  • Como o dia tem 24 horas, e a terra 360º, temos: 360/24 = 15.
    Por tanto a cada 15º tem-se uma hora.

  • Lembre-se de que o sol nasce a Leste, ou seja, o dia começa no extremo oriente. Resulta disso o aumento de uma hora a cada 15º ao leste, ou s epreferir, diminui uma hora à oeste.

  • Na copa do Japão, os jogos eram durante a tarde local, madrugada aqui. Já na Alemanha, os jogos da tarde passavam pela manhã aqui, e os jogos noturnos eram durante as tardes tupiniquins.

  • Pense que exatamente agora, todas as horas (das 24) estão acontecendo.

coordenadas geográficas 5 (repostagem)

Longitudes ou Meridianos

  • Greenwich, é o nome de um bairro londrino, que serve de referência assim como a linha do equador.
  • Lembre se que as longitudes sempre se cruzam nos pólos, tornando-as impossíveis de serem confundidas com as latitudes.

coordenadas geográficas 6 (repostagem)

Coordenadas Geográficas

  • As coordenadas geográficas surgem do cruzamento entre as latitudes e longitudes, isso possibilita que tenhamos pontos específicos que não se repetem no planeta.

  • Com esse mecanismo, podemos identificar qualquer ponto no planeta.

coordenadas geográficas 7 (repostagem)

Coordenadas Geográficas

  • A partir da divisão do planeta em quadrantes (norte e sul, leste e oeste), podemos identificar o posicionamento correto de algum lugar específico, muito utilizado nas bombas “inteligentes” ou em expedições mundo afora.

  • O GPS (global position system) é um aparelho que identifica o exato local em que ele se encontra.

  • Interligado a satélites, o GPS manda um sinal para que o satélite responda. Para isso o satélite tem que decodificar o exato (coordenadas geográficas) para onde mandar as informações e, descobre-se sua posição.

coordenadas geográficas 8 (repostagem)

Coordenadas Geográficas

  • Repare como podemos localizar coisas valiosas com as coordenadas.

  • Na latitude 23º 36’ S e longitude 46º 43’ W, temos o estádio do único time brasileiro tricampeão do mundo em todo universo. Note que a Latitude 23º 36’ se repete tanto no hemisfério Sul como no Norte, por isso é importante indicar qual o hemisfério! A mesma coisa se aplica as longitudes, onde indicamos se pertence ao hemisfério Ocidental (Oeste – West) ou Oriental (Leste – East)

coordenadas geográficas 9 (repostagem)






Bom, para fechar a série, clique aqui para o donwload do google earth, donde peguei essa imagem! Note no canto esquerdo das imagens as coordenadas geográficas do colégio Contato no Centro do Recife.

Aproveitem e deêm um rolê nos límpidos corredores virtuais do Royal Observatory Greenwich.


Durante o caminho acabei encontrando esse site sobre os fusos horários, bem legal!

quinta-feira, 26 de março de 2009

Projeções Cartográficas 1

  • Os mapas são representações de realidades distintas.
  • Todo mapa carrega consigo o ponto de vista de seu elaborador ou seu público.
  • São absolutamente necessários aos mapas as escalas, as legendas e seu título.

  • Note que esse mapa ai de cima é a versão mapa mundo do cidadão estilo Homer Simpson.

Projeções Cartográficas 2

  • A projeção de Mercator é uma das mais famosas.
  • Ele desenvolveu seu mapa sempre a partir da Europa, com ela acima dos demais países.
  • Essa projeção distorce as áreas dos continentes, alargando-os conforma aumenta a latitude.
  • Compare o tamanho da Groenlândia com a América do Sul.
  • Apesar de distorcer as áreas, essa projeção é fiel aos contornos dos continentes, servindo até hoje na navegação e aeronáutica.

Projeções Cartográficas 3


  • A projeção de Peters foi um contra ponto à Mercator. Fazendo exatamente o oposto, ou seja, alargando ás áreas equatoriais e diminuindo conforme a latitude aumenta.
  • Dessa maneira Perters pretendia chamar a atenção do planeta para os países mais pobres que ocupam essa região.
  • Nessa projeção, as proporções entre as áreas continentais são respeitadas, mas seus contornos perdem exatidão, fazendo desse mapa mais um discurso político do que pelo seu uso, visto a impossibilidade de uso marítimo ou aéreo.

Projeções Cartográficas 4

  • Tanto a projeção do Mercator como a de Peters são cônicas, como mostra o desenho.
  • mas não esqueçam das diferenças vitais entre eles:
  • Mercator: mantém os contornos corretos, mas distorce o tamanho da área mapeada, usado em navegações.
  • Peters: mantém fidelidade as áreas mapeadas, mas perde a referência dos contornos, usado como símbolo revanchista do Terceiro Mundo.

Projeções Cartográficas 5



  • Se a área mapeada for menor que o mapa Mundi, é Possivel utilizarmos outras projeções, como a Azimutal e a cônica.
  • A azimutal (imagem de baixo) permite uma enorme fidelidade no entorno do centro do mapa, que na figura é o pólo Norte.
  • A cônica (imagem de cima) é um modelo de projeção que procura maior fidelidade para as latitudes médias, de 20º até 50º.